Segunda-feira, 25 de Abril de 2005

Seca antecipa pesca

pescador.jpg

Decisão - captura permitida nas albufeiras a sul do Tejo a partir de hoje

O secretário de Estado do Desenvolvimento Regional e das Florestas, Rui Gonçalves, anunciou ontem que o Governo decidiu antecipar para esta segunda-feira a abertura da pesca nas albufeiras portuguesas devido à seca que o País atravessa.
A carpa, a boga e o barbo são alguns dos peixes de água doce que poderão ser pescados a partir de hoje.
Assim, os pescadores poderão começar a lançar o anzol a partir da manhã de hoje, mas apenas nas albufeiras que se situam a Sul do rio Tejo. No entanto, o despacho proíbe esta actividade desportiva em Alqueva, por ter “muita água”, como também a pesca ao achegã, por ser um peixe predador.

“Desconhecia essa decisão do Governo, mas ficamos satisfeitos com a antecipação do início da época de pesca, apesar de pecar por tardia” referiu ao CM Donílio Carmo, da direcção do Clube de Pesca Desportiva do Alto Alentejo, sediado em Portalegre.

A abertura da pesca estava prevista para o último dia de Maio. No entanto, devido à situação de seca e à consequente diminuição dos níveis das águas nas barragens, o ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, Jaime Silva, decidiu antecipar o período do defeso em mais de um mês por forma a evitar uma mortandade de peixe.

Apesar da “boa notícia”, muitos pescadores não deverão ir até às margens das albufeiras durante o dia de hoje. É que, segundo Donílio Carmo, os clubes e associações ainda não têm qualquer informação oficial sobre esta medida.

“Pode-se ir à pesca do bordalo, do pimpão ou da perca porque não têm defeso. Mas, em relação às outras espécies, como o barbo, a carpa ou a boga, não se pode arriscar”, salientou.

No distrito de Portalegre, a barragem de Póvoa e Meadas (Castelo de Vide) é a que apresenta maiores preocupações. “Esta antecipação vai evitar a morte de muitos peixes nas barragens mais pequenas. A albufeira da Apertadura [Portalegre], do Caia [Campo Maior] e do Maranhão [Avis], têm ainda muita água”, frisou.

Preocupante é também o nível das águas da barragem do Roxo, que abastece as populações de Beja e Aljustrel. Neste momento, está apenas a 20 por cento da capacidade máxima.

Noticia do Correio da Manhã de Hoje por Alexandre M. Silva, Évora
publicado por cacipesca às 20:40

link do post | comentar | favorito
|

cacipesca@sapo.pt

 

à Pesca/Caça

.Pesquisar no Blog

 

.Julho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Posts Recentes

. Lontras na Barragem da Ma...

. CEPA - Almoço Convívio

. Festival do Peixe do Rio

. Abertura caça geral - Alv...

. Campeonato nacional Juven...

.Arquivos

.Link`s Úteis

----------------------

www.tvnatur.com

http://tvnatur.blogspot.com

----------------------

.:CAÇA

.

.:OUTROS LINK`S DE CAÇA

Benelli

Beretta

Browning

Fabarm

Armaria Alvarez

Sulbeja

Melior

 

-----------------------

.:PESCA

 

.:OUTROS LINK`S DE PESCA

Barragens

------------------------------
.:CONSERVAÇÃO/NATUREZA

 

-----------------------

.:DIVERSOS

 

-----------------------

.:Blog`s Amigos

Histórias de Caça em Portugal

Ribeira Seca

Pedro Weigand

Pesca em Revista

 

 

.últ. comentários

Tem mais beleza que a sua pergunta...quem não sabe...
Ola! Eu estava a passar ferias no Alentejo perto d...
Olá, eu gostaria de saber o que vocÊ acha dessa ca...
Olá JoãoObrigado pelo seu comentário.Gostei muito ...
Eu estive acampado na Barragem da Marateca perto d...
Boa Tarde ArturObrigado pelo seu comentário.envie-...
Boa tarde!Tenho lido o seu blog ao longo dos anos ...
Boas noites caros amigos, deixo aqui o nosso blog ...
Em Moçambique o nome do peixe é «Mussopo».Vi um pe...
Se o peixe gato do Alqueva é preto é exactamente ...

.mais comentados